Home » Piso Salarial

Piso Salarial

RECOMENDAÇÃO SALARIAL DA AAERJ
Em 2005, a AAERJ aprovou em Assembléia Geral, uma recomendação salarial que teria por objetivo servir de parâmetro para a definição das remunerações para arquivista. Passados cinco anos desta iniciativa, a associação revisou sua recomendação salarial após consulta à classe arquivística, sendo estabelecidas novas remunerações, para o atual mercado de trabalho, para arquivistas, técnicos de arquivo e serviços de consultoria ou de autônomos. Segue abaixo a Resolução 01/2010 da AAERJ com as novas recomendações salariais.
RESOLUÇÃO 01/2010 (PISO SALARIAL)


PISO SALARIAL ESTADUAL
Além disso, desde 1º de janeiro de 2017 está em vigor a Lei Estadual 7.530/2017 que estabelece

Art. 1º No Estado do Rio de Janeiro, o piso salarial dos empregados, integrantes das categorias profissionais abaixo enunciadas, que não o tenham definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho que o fixe a maior, será de:

VI. R$2.899,79 (Dois mil, oitocentos e noventa e nove reais e setenta e nove centavos) – para administradores de empresas (CBO 2521-05); arquitetos (CBO 2141); arquivistas (CBO 2613-05); advogados (CBO 2410); psicólogos (CBO 2515) exceto psicanalistas (CBO 2515-50); sociólogos (CBO 2511-20); fonoaudiólogos (CBO 2238); fisioterapeutas (CBO 2236); terapeutas ocupacionais (CBO 2239-05); estatísticos (CBO 2212); profissionais de educação física (CBO 2241); assistentes sociais (CBO 2516-05); biólogos (CBO 2211); nutricionistas (CBO 2237-10); biomédicos (CBO 2212); bibliotecários (CBO 2612-05); farmacêuticos (CBO 2234); enfermeiros (CBO 2235); turismólogos (CBO 1225-20); secretários executivos (CBO 2523) exceto tecnólogos em secretariado escolar (CBO 2523-20); bombeiro civil mestre, formado em engenharia com especialização em prevenção e combate a incêndio e empregados em empresas prestadoras de serviços de brigada de incêndio (nível superior); contadores.”

Confira aqui a íntegra da lei.

Abaixo histórico da luta da AAERJ e do SINARQUIVO junto a deputados estaduais para inclusão do profissional arquivista na mais alta faixa salarial, junto aos outros cargos de nível superior no Projeto de Lei 2790/2009 aprovado pela ALERJ e sancionado pelo Governo do Estado na Lei 5.627/2009, que antecedeu a atual:
http://www.aaerj.org.br/2009/12/24/arquivistas-do-estado-do-rj-tem-piso-salarial-aprovado/



Os comentários não estão disponíveis.